Pastoral dos Ministros Extraodinários da Santa Comunhão

PDF
Imprimir
E-mail
Qui, 29 de Abril de 2010 17:14

Responsável - Antônio Arnaldo Casarim

REUNIÕES DOS AGENTESTodo último sábado de cada mês, a partir das 14h30.

LOCAL – Catedral de Nossa Senhora do Desterro

Telefone 4586-0248

 

Os ministro e ministras extraordinários da Santa Comunhão são leigos de preferência casados e maiores de 30 anos a quem é dada permissão, de forma temporária, de distribuir a comunhão aos fiéis, nas Missa ou em outras circunstâncias, quando não um ministro ordenado (bispo, presbítero ou diácono) que o possa fazer. Atualmente, estão designadas 54 pessoas para essa função, na Catedral de Jundiaí.

Chamam-se extraordinários porque devem exercer o seu ministério em caso de necessidade, e porque os ministros ordinários (isto é, habituais) da comunhão são apenas os fiéis que receberam o sacramento da ordem. Na verdade, é a estes que compete, por direito, distribuir a comunhão. Por esse motivo, o nome desta função é ministro ou ministra extraordinário da Santa Comunhão, e não da Eucaristia, visto que apenas os sacerdotes são ministros da Eucaristia, e a função dos ministros extraordinários da comunhão exerce-se apenas na sua distribuição.

Na Catedral, são funções desses ministros e ministras extraordinários da comunhão a distribuição da comunhão na Missa; a distribuição da comunhão fora da Missa, aos doentes ou outras pessoas que com razão o solicitem e a administração do viático. Na Catedral, a exposição do Santíssimo Sacramento para adoração dos fiéis é função dos ministros ordenados.

Última atualização ( Qui, 29 de Março de 2012 22:32 )
Banner